PORSCHE CAYENNE RETOMA VERSÃO GTS


A versão GTS está de volta ao Cayenne. A Porsche anunciou o retorno da sigla, aposentada no SUV desde o fim da segunda geração. Ela oferece apelo mais agressivo ao visual, ainda que não seja a mais potente da linha – esse papel cabe à variação Turbo -, mas ajuda a complementar a oferta no mercado. O acabamento se estende ao recente Cayenne Coupé.


Como destaque, o Cayenne GTS dispõe de um 4.0 V8 biturbo de 460 cv e 63,2 kgfm, pouco mais forte que o 3.6 V6 de 441 cv e 61,2 kgfm que movida seu antecessor. Sempre aliado ao câmbio automático de oito marchas, o propulsor leva o SUV de zero a 100 km/h em 4,5 segundos quando equipado com o opcional Sport Chrono (4,8 segundos sem ele), alcançando sempre 270 km/h. Em relação ao GTS da geração passada, são até 0,6 menos e 8 km/h a mais.

Além do motor, a ressurgida versão tem diferenciais como o sistema de escape redesenhado, a fim de deixar o ronco do motor mais encorpado. As ponteiras são ovaladas e ficam nas laterais do Cayenne, enquanto no Coupé elas estão posicionadas ao centro. Outras mudanças estéticas, aliás, são os vários componentes pintados em preto (molduras, tomadas de ar e demais detalhes), as rodas de 21 polegadas e os conjuntos ópticos com máscara negra. Por dentro, traz alcântara no centro dos bancos esportivos, no teto e no apoio de braço, além de alumínio escuro polido em determinadas peças e a inscrição “GTS” impressa em superfícies, como apoios de cabeça, portas e conta-giros.


Para manter o GTS sob controle, a Porsche revisou a suspensão. Com molas menores, o SUV ficou 20 milímetros mais próximo do solo. Ao adotar as molas pneumáticas (opcional), com altura regulável, ele pode ser rebaixado em mais 10 mm. Os amortecedores com rigidez variável são de série, bem como o sistema de vetorização de torque (PTV). Os freios têm discos de 390 mm na frente e 358 mm atrás, sendo compostos em ferro. Como opção, há os de tungstênio e também de cerâmica. A lista de adicionais traz ainda barras estabilizadoras ativas, eixo traseiro direcional, entre outros.

Fonte: Allthecars

Posts Em Destaque
Posts Recentes