Combustível batizado: 5 problemas que aparecem após abastecer




Foto: Divulgação


A gasolina está com os preços nas alturas e os motoristas naturalmente buscam os valores mais acessíveis na hora de abastecer. O que muitos não se dão conta é que os preços mais baixos podem cobrar uma conta salgada no final.


Conforme a Polícia Civil de São Paulo, em 2021 houve aumento de 66% nos inquéritos relacionados a gasolina adulterada.


Everton Lopes, mentor de Energia a Combustão da SAE Brasil, destaca que, entre as fraudes realizadas, as mais comuns são acrescentar solvente ao combustível ou elevar o teor de etanol, que por lei é de 27% na gasolina comum. Esse etanol também pode ser acrescido de água.


O uso de combustível de má qualidade pode gerar problemas no seu veículo. Confira 5 adversidades que o carro pode apresentar após ser abastecido com produto "batizado".



Aumento no consumo


Quando seu veículo diminui a quantidade de quilômetros rodados por litro sem motivo aparente, isso pode estar relacionada o combustível fora da especificação. Gasolina adulterada faz com que o motorista tenha de abastecer com mais frequência o veículo, elevando ainda mais os gastos com abastecimento.


Surgimento de ruídos


Sabe aquele barulho chato que incomoda na hora de dirigir? Se o ruído vier do capô, pode estar relacionado ao combustível de má qualidade. Muitas vezes, os motoristas pensam que há um problema de outra natureza no veículo, mas ele pode estar diretamente ligado ao abastecimento.


Falhas no motor


Quando o carro aparenta que vai "morrer" e começa a dar aquelas engasgadas, estes são indícios clássicos de abastecimento com gasolina de má qualidade. Vale sempre pedir a nota fiscal no posto, de forma a comprovar eventual venda de combustível "batizado" e denunciar a prática à ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).


Redução na potência


A redução na potência é outra consequência bem comum da gasolina adulterada. A perda na performance do carro pode ser identificada quando é necessário pisar mais no pedal do acelerador para atingir certa velocidade ou superar um aclive, por exemplo.


Aumento na quantidade de fumaça


Quando seu carro começa soltar uma maior quantidade de fumaça do que o normal, é possível que problema esteja relacionado ao combustível. Normalmente, é observada uma maior emissão de fumaça escura.



Fonte: www.uol.com.br


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square